A Deusa da Misericórdia (a Deusa da Compaixão) é a mais popular e difundida entre as divindades do Budismo Chinês.  No entanto, somente agora o Ocidente começa a saber dela.

Ela é a encarnação da compassiva amorosa bondade. Como a Bodhisattva da Compaixão, Ela ouve os lamentos de todos os seres. Kuan Yin tem uma grande semelhança com a Maria do Cristianismo, a Mãe de Jesus, e com a deusa tibetana Tara.  Sua influência se estende desde a criação até os desejos profundos de toda mulher que anseia ser mãe.

Em momentos de doença e problemas, a primeira invocada é ela.
Ela é geradora, criadora, compaixão viva, amiga e intercessora.  Ela é a grande deusa da vida em si mesma.  Kuan Yin significa “alguém que ouve os lamentos do mundo.”  Suas maiores virtudes são: misericórdia, modéstia, valentia, justiça e sabedoria.

Nos momentos de grave necessidade, eleve a sua mente até Kwan Yin, emita o mantra “Om Mani Padme Hum” e faça o seu pedido com fé…

“Te suplico minha Mãe, tenha compaixão, cure-me de todas as mágoas que me faz sofrer. Cubra-me com suas vestes brancas, purifique meu coração, para que nele permaneça apenas o verdadeiro Amor”.

 

Que assim seja!

 

Paz e Luz!

 

Marisa Nascimento