Não há nada melhor do que corpo durinho, sem papas e flacidez. Só para se ter uma ideia, 10 minutos de corrente Aussie sobre o abdômen equivalem a 400 abdominais realizadas de forma correta, pois com o uso da corrente, há um recrutamento de 40% a mais das fibras musculares do que no exercício comum. Que ótimo!

Indicações para Corrente Aussie

  • Flacidez abdômen, glúteos, coxas, braços;
    • Fortalecimento e aumento de tônus muscular:
    – Pós parto;
    – Pós emagrecimento;
    – Pré e pós lipoaspiração.

O que é e por que fazer
A Corrente Aussie ou Australiana também é um tratamento de eletroterapia da com mais potência que a Corrente Russa, produzindo os mais resultados e benefícios. Geralmente é realizado nas áreas das coxas e glúteos, mas também pode ser realizado em qualquer área do corpo: abdômen, braços, etc. Pelo fato do tratamento estimular a contração muscular, como bônus ainda obtêm-se melhora na circulação local, estímulo do fluxo linfático e melhora na celulite.

Duração do procedimento
Entre 10 a 20 sessões, com duração de 30 minutos para cada sessão.

Contraindicação
Não existe até hoje contraindicação absoluta para o uso de correntes elétricas para estimulação muscular. Porém, algumas precauções devem ser tomadas: Marca-passo, gestantes, cardiopatas, fraturas ósseas recentes, hemorragia ativa, flebite, tromboflebite, embolia, processos infecciosos, câncer, implantes metálicos, lesões musculares tendinosas e ligamentares, varizes, hipertensão arterial, mioplasias que impedem a contração fisiológica, áreas de sensibilidade alterada, processos infecciosos, descompensação cardiorrespiratória, problemas renais crônicos.

Cuidados com corrente Aussie
Não contrair um músculo em excesso e de forma súbita para evitar uma lesão muscular.

 

Paz e Luz!

 

Marisa Nascimento