A ansiedade é uma das coisas que emperram nossa vida, que acaba com nossa alegria e bem estar. No corpo ela se manifesta de diversas formas: aperto no peito, falta de ar, aflição, suores, comer demais, o ansioso perde o senso, sente uma agitação aflita.

E PARA PARAR COM A ANSIEDADE, O QUE FAZER?
Ela está judiando, não está? Vai pegar o touro a unha. Você aprendeu a colocar tudo no automático, então preocupação e expectativa já estão automatizadas em sua vida?

A ansiedade também imobiliza a cabeça. O que acontece na cabeça então? Medo, irritação. A cabeça fica um tumulto, abobada, perturbada.
E estraga o seu melhor, e você não dá o que tem, e a vida fica sem gosto, sem prazer. Se sente fora de tudo, parece que anula tudo o que está acontecendo, sai fora da realidade. É doença, por causa do efeito, cansa, acaba com o vigor. Tira o gosto de viver, causa sérias doenças físicas e psíquicas.
Ela pode ser vencida completamente ou então diminuída.

Como a gente FAZ a ansiedade? Indo para o amanhã. Existe o amanhã? Não, como também não existe o passado. Só temos o agora e só podemos estar no presente. Então a ansiedade é um fenômeno da imaginação, e esta é ótima quando bem usada, porém quando mal administrada traz resultados nefastos.
Ocupar-se, estar em atividade é muito bom mas ( pré ) ocupar-se é maléfico.
Além da preocupação, o que causa ansiedade é a expectativa.
Imaginação quando sai do real é péssima. Quando está no real a imaginação é ótima, usando-a somos criativos.
Você está delirando.
E o que vem ? Decepção, desilusão mata porque abaixa o sistema imunológico porque ataca a vitalidade.

Venha se cuidar, as terapias alternativas são muito eficientes para esse desequilíbrio: Acupuntura, Floral, Massagem e o Reiki.

 

Paz e Luz!

 

Marisa Nascimento